Muitas pessoas se perguntam como se tornar e como se preparar para ser um cavaleiro. Abaixo, responderemos essas perguntas, confira!

 

Nos tempos medievais, só se tornava cavaleiro quem fazia parte da nobreza. Hoje em dia, o cavaleiro é alguém que trabalha com cavalos, montando em competições diversas, e não é mais tão complicado praticar o hipismo, uma modalidade olímpica.

Para ser um cavaleiro, é necessária preparação física e psicológica, já que a montaria exige fôlego, atenção, coordenação e muito entrosamento com o animal em que se está montando. Pessoas com estatura mais baixa costumam se dar melhor na profissão, mas existem muitas exceções à regra, já que pessoas de estatura mediana e alta também já foram destaques dentro do esporte.

Tornar-se um cavaleiro não é algo fácil no Brasil. Muitas pessoas são apaixonadas pelo esporte e por cavalos, mas os custos não são muito acessíveis. Um bom cavalo, preparado para competir, é um animal caro, considerando que sua genética e seu tratamento devem ser de primeira. Há cavalos e éguas cujo valor ultrapassa a casa dos milhares de reais e cavaleiros profissionais, que vivem de competições, geralmente possuem mais que um cavalo para dar conta do ritmo intenso do calendário de competições.

Como em qualquer esporte, a maioria dos cavaleiros depende de patrocínio, e por isso é difícil calcular quando ganha um cavaleiro. Quanto melhor o cavaleiro ou amazona, mais  visibilidade e patrocínio terá e, consequentemente, mais dinheiro.