Atletas de todos os esportes conhecem o stress que pode acompanhar o treinamento intenso e a competição. Para o cavalo isto não é diferente, o que muda é que esse stress nem sempre acaba sendo reconhecido.

Uma pesquisa científica mostrou que os cavalos de competição estão sujeitos a níveis mais altos de stress do que quando treinam em casa ou em haras.

Os tutores podem escolher várias terapias para reduzir esses níveis de stress em competições: florais Bach, acupuntura, massagem, quiropraxia, fisioterapia e osteopatia, ingestão de ervas e remédios homeopáticos fazem parte dessa lista.

A aplicação de acupressão ao longo de pontos estratégicos do corpo, técnica baseada na Medicina Chinesa Tradicional, que é bem aceita pela maior parte de cavalos, também reduz o nível de stress.

Massagens leves com pequenos movimentos circulares em cima das castanhas e nos ombros também acalma muito cavalos tensos e nervosos.

Alongamento também é indicado para reduzir sensibilidade muscular depois de atividades físicas e  quando realizados diariamente melhora a performance do animal.

Observe sempre se seu cavalo continua se alimentando e bebendo água normalmente, se seus pelos estão caindo com frequência ou qualquer outra mudança de comportamento. Procure sempre um veterinário para auxiliar no diagnóstico.